Testando a vitamina B12

Diagnóstico de carência de B12 

Testando a vitamina B12

O diagnóstico da deficiência de B12. Quais são os testes disponíveis? Que garantia têm esses testes?

Testes de vitamina B12

Resumo:

  • A definição de deficiência de vitamina B12 é controversa;
  • Existem várias análises – mas apenas algumas são significativas;
  • A urinálise é atualmente o teste de deficiência de vitamina B12 é mais confiável;
  • A urinálise também pode ser feita facilmente em casa.

Todos aqueles que têm um risco maior de desenvolver uma deficiência de vitamina B12, por exemplo, vegans, vegetarianos e idosos é indispensável fazer uma análise e verificar os níveis de vitamina B12.

Mas o processo nem sempre é tão fácil como se gostaria. Se quiser saber se está sofrendo de uma deficiência de vitamina B12 vai logo descobrir que não existe uma definição clara de deficiência de vitamina B12 e nem mesmo uma análise padrão.

Atualmente a uranálise é a forma mais confiável para a detecção de uma deficiência de vitamina B12. Em muitos casos ela é suficiente para verificar os níveis de vitamina B12 no organismo. Mas que testes são realmente úteis?  E como uma deficiência de vitamina B12 é definida, especificamente? 

A definição de um caso de vitamina B12 baixa

A deficiência de vitamina B12 é hoje definida principalmente pelos os níveis séricos da vitamina no sangue.  Quando estes estão abaixo de 200 pg/mol se pode considerar que a vitamina B12 está baixa. Esse valor se relaciona (na maioria das vezes) com o fornecimento de vitamina B12 nas células, uma vez que nem toda a vitamina B12 dissolvida no sangue está disponível para o corpo. O importante é a quantidade de vitamina B12 nas células, e ela não pode ser determinada por um exane do soro sanguíneo.

Tabela: Definição de vitamina B12 baixa na Alemanha

Deficiência grave

 < 150 pg/ml< 110 pmol/l

Deficiência

 < 200 pg/ml< 150 pmol/l

Possibilidade de deficiência

 200-300 pg/ml150-220 pmol/l

Níveis normais 

 300-900 pg/ml220-665 pmol/l

Alguns pesquisadores, como os especialistas em vitamina B12 Mitsuyama e Kogoh (1), Tiggelen (2) e David Brownstein (3) estão convencidos de que a partir do valor de 600 pg/ml, as células podem ter vitamina B12 em menor quantidade e o número de doenças por deficiência é maior, como considerado oficialmente. Numerosos estudos mostram consistentemente que já pode ocorrer muito acima dos padrões habituais deficiências significativas nos valores séricos.

Análises de deficiência de vitamina B12: que exames existem?

Não existe até hoje nenhuma análise padrão que identifique os níveis exatos de vitamina B12 no organismo. Existem sim muitos exames, cada um com suas vantagens e desvantagens específicas.

Exame

O que é analisado?

Garantia no diagnóstico

Análise ao soro sanguíneo

Valores totais de vitamina B12 no sangue

Baixa, podem ser detectadas pequenas deficiências mas outras podem passar despercebidas apesar dos valores altos.

Holotranscobalamina

Valores biodisponíveis, graças á transcobalamina B12 no sangue

Muito boa, mas com área cinzenta que torna o diagnóstico incerto.

Homocisteína

Valores totais de homocisteína no sangue

Média, outros fatores podem influenciar os resultados.

Urinálise (ao ácido metilmalônico)

Valores totais de ácido metilmalônico na urina 

Alta

Sensibilidade dos testes de deficiência de vitamina B12 

A deficiência de vitamina B12 prossegue em várias etapas e os diferentes testes não são confiáveis ​​em todas as fases. 

A análise á holotranscobalina é o primeiro marcador de deficiência incipiente.  A urinálise (ao ácido metilmalônico) é o teste mais confiável de defeito celular realmente existente. 

  • Fase 1: devido á escassez de vitamina B12, as reservas do organismo começam a se esvaziar. Células inicialmente preenchidas pela vitamina B12 estão agora vazias. 

  • Fase 2: Nível de reservas critico, deficiência de vitamina B12 nas células

  • Fase 3: Grave deficiência clínica 

Soro sanguíneo

normalnormal

baixo

Holotranscobalamina 

 baixo

 baixo

 baixo

Homocisteína

normal

 baixo

 baixo

Urinálise (ao ácido metilmalônico)

normal

 baixo

 baixo

Abaixo os exames são descritos em porcentagem:

Análise ao soro sanguíneo (Valores totais de vitamina B12)

Na maioria das vezes os valores totais de vitamina B12 no sangue são confiáveis. Isso é também verificado com base na definição atual de deficiência de vitamina B12. Mas isso não é especialmente importante pois uma grande parte (70-90%) da vitamina B12 analisada está ligada a proteínas como a haptocorrina e não está disponível para ser metabolizada.

Ela só está disponível quando ligada á transcobalamina II cobalamina (vitamina B12), o qual repesenta apenas cerca de 20% do total dos níveis de vitamina B12 no soro sanguínio do corpo. Por isso, a determinação de vitamina B12 total não é indicativa sobre quanta vitamina B12 está realmente disponível no organismo. Mesmo com indicação de valores muito altos valores pode existir falta de vitamina B12 no sangue.

Análise da holotranscobalamina

Também determinada no soro sanguíneo, o nível de holotranscobalamina – ou seja, a quantidade biologicamente disponível, ligando a transcobalamina II a vitamina B12. Um nível reduzido de holotranscobalamina no soro sanguíneo é considerado um marcador precoce de deficiência de vitamina B12, apontando que o corpo não tem quantidade suficiente de vitamina B12 utilizável ​​e que as reservas de vitamina B12 estão vazias. Esses valores são muito mais significativos do que o teste de soro sanguíneo, embora que ele tenha uma grande área cinzenta na estimativa precisa de uma deficiência de vitamina B12, não identifica se há um defeito ou não. Aqui apenas com fatores adicionais no hemograma pode trazer clareza.

Vitamina B12 total

Interpretação

> 400 ng/l

Deficiência de vitamina B12 improvável

200-400 ng/l

área cinzenta

Holo-TC > 50 pmol/l

Deficiência de vitamina B12 improvável

Holo-TC 35-50 pmol/l

Maiores esclarecimentos necessários

Holo-TC < 35 pmol/l

Deficiência de vitamina B12 provável

< 200 ng/l

Deficiência de vitamina B12

Resultados comuns de análises ao soro sanguíneo e a holotranscobalamina. Os valores são controversos e são considerados por diversos pesquisadores como sendo muito baixos. Por exemplo, o Dr. David Brownstein considera que a partir de 600 ng / l de vitamina B12 já existe uma deficiência.

Uma vez que esses dois valores não indicam claramente a existência de uma deficiência, não é exatamente a vitamina B12 que é medida diretamente mas sim os metabolitos que têm uma ligação direta com a vitamina B12. Isso permite de fato uma conclusao bastante segura sobre se existe alguma deficiência mas não dá uma informação quantitativa sobre o nível da vitamina B12.

Análise á homocisteína

Se existe uma deficiência de vitamina B12, os níveis de homocisteína sobem rapidamente no organismo. Portanto, níveis elevados de homocisteína são indicadores bastante confiáveis de que uma deficiência de vitamina B12 existe. No entanto, várias doenças podem alterar os resultados da análise. Uma combinação de teste de soro ou holo-TC-teste e teste de homocisteína é indicação bastante concreta da existência ou não um desequilíbrio. O teste de homocisteína também é frequentemente usado para monitorizar a evolução de um tratamento com vitamina B12.

Os níveis de homocisteína devem ser idealmente inferiores a 9 mol / l.

Ensaios MMA – ensaios específicos para a urina

Actualmente, o melhor método para a determinação de deficiência de vitamina B12 é o ensaio ao ácido metilmalónico (MMA). Quando existe uma  deficiência de vitamina B12 biologicamente activa nas células, o nível de MMA sobe no sangue e na urina.

A vantagem deste método é que não pode ser determinada com muita antecedência se a quantidade de B12 suficiente está realmente ativa nas células. Outra vantagem é a possibilidade da determinação na urina, o que faz com que o processo de recolha de sangue se torne supérfluo. A deficiência pode ser detectada cedo, de uma forma conveniente e confiável.

Os níveis de MMA são baseados no nível de creatinina para desligar o teor de água da urina como um factor de deformação. Com exceção de algumas doenças raras, quase não há fatores que podem distorcer o teste de MMA. Por isso, este é recomendado como o melhor e mais rápido tipo de análise.

O teste ideal seria, certamente, uma combinação de holoTC, homocisteína e ensaio de MMA, mas isso significaria algum esforço financeiro, razão pela qual o teste simples de MMA é recomendad0. Alguns fabricantes oferecem testes de MMA que você pode até mesmo realizar em casa.

 

MMA no soro sanguíneo

MMA na urina

Valores normais

0,04 – 0,27 μmol/l
bis 271 nmol/l

até 2 mg MMA/g creatinina bzw.

até 3,6 μmol MMA/mmol creatinina

Valores críticos

> 0,37 μmol/l
> 271 nmol/l

Valores mais altos.

Análise á respiração

Pesquisadores da Universidade da Flórida desenvolveram uma análise á respiração que determina os níveis de vitamina B12 acima do teor de CO2 do ar que respiramos. A vitamina B12 desempenha um papel fundamental no metabolismo de propionato de sódio para o C02. Pode ser determinada por administração de propionato de sódio e, em seguida, medindo o CO2 exalado, e, por conseguinte, o estado da vitamina B12 no organismo. Portanto, o carbono é marcado em propionato de sódio por um isótopo de carbono para distinguir o CO2 a partir do propionato de sódio a partir da lata de CO2 exalado naturalmente. A análise está actualmente ainda em testes, no entanto, provou ser confiável e pode ser uma alternativa conveniente para os testes existentes num  futuro próximo (4).

Quem pode realizar um teste de deficiência de vitamina B12?

As análises ao soro sanguíneo, ao holo-TC-teste e o teste de homocisteína só podem ser realizados a partir de uma consulta médica. É requisitada uma amostra de sangue em jejum. As análises de urina de MMA podem ser encomendadas a partir de diferentes laboratórios ou até mesmo na internet. Uma amostra de urina é enviada para o laboratório e os resultados são entregues, em seguida, via e-mail ou correio.

Quem suspeita que sofre de uma deficiência de vitamina B12 pode, inicialmente, efectuar de forma mais acessível e mais conveniente, um teste de MMA. Este método indica claramente se existe um defeito. Se o teste for positivo, uma consulta deve ser marcada com um médico para descobrir a causa e começar um tratamento.

Quem não quer fazer a análise, ou se a suspeita é que a ingestão insuficiente de vitamina B12 é a causa de uma deficiência – por exemplo, no caso dos vegans – pode ser realizada após várias semanas de uso regular de uma suplemento de vitamina B12 adequado um teste MMA para verificar a evolução da absorção. Se os resultados continuarem a ser positivos para uma deficiência, é quase certo que existem desordens no processo de absorção. Neste caso um médico deve ser consultado.

Testar as causas de deficiência de vitamina B12

Quando se determina que existe uma desordem na absorção da vitamina B12 no organismo, devem ser investigadas as causas. Entre os mais comuns são os seguintes casos, que podem ser detectados através de análises específicas:

SintomasAnálise indicada
Falta de produção de fator intrínsecoSchilling-Test
Irritação ou inflamação do estômago e dos intestinosExame de fezes, exames de sangue, estômago ou colonoscopia
Gastrite (inflamação crônica do estômago)Gastroscopia, exame de sangue, teste da urease, teste respiratório da 13C-ureia
Doença de Crohn (inflamação crônica do intestino)Exame de sangue, ultra-sonografia, colonoscopia
Uso de drogasConsulta médica
DoençasTestes genéticos

Teste de Schilling

Em comparação com as análises mencionadas anteriormente, o teste de Schilling desempenha um papel particularmente especial em relação á vitamina B12. Através do teste de Schilling, é determinado se a vitamina B12 pode ser processada em todo o factor intrínseco, uma proteína de transporte específica.

Para este efeito, é administrada uma quantidade de vitamina B12 ao paciente e a absorção é monitorizada. Uma vez que, enquanto apenas B12 é administrada uma segunda vez e B12 factor intrínseco. O paciente B12 sozinho não ocorre com o fator intrínseco, no entanto, foi a causa da desordem de absorção foi encontrada.

Teste urinário MMA

Referências:

1. Mitsuyama Y, Kogoh H (1988). Serum and cerebrospinal fluid vitamin B12 levels in demented patients with CH3-B12 treatment–preliminary study. Jpn. J. Psychiatry Neurol. 42 (1): 65–71. doi:10.1111/j.1440-1819.1988.tb01957.x. PMID 3398357.

2. VanTiggelen CJM, Peperkamp JPC, TerToolen JFW. (1983). Vitamin-B12 levels of cerebrospinal fluid in patients with organic mental disorder. Journal of Orthomolecular Psychiatry (12): 305–11.

3. Dr. David Brownstein: Vitamin B12 for Health. Medical Alternatives Press (2012)

4. Wagner DA, Schatz R, Coston R, Curington C, Bolt D, Toskes PP. A new 13C breath test to detect vitamin B12 deficiency: a prevalent and poorly diagnosed health problem. J Breath Res. 2011 Dec;5(4):046001. doi: 10.1088/1752-7155/5/4/046001. Epub 2011 Jun 23. PubMed PMID: 21697586; PubMed Central PMCID: PMC3204151.




Leave a Reply